Sporting  
SPORTING CLUBE DE PORTUGAL
Fundação
1906
Cidade
Lisboa
Presidente
António Dias da Cunha
Treinador
José Peseiro
Estádio
Alvalade XXI







 

Entre os vários títulos alcançados pela equipa de Alvalade, aquele que se figura como o mais importante da sua história é a conquista da Taça das Taças, em 1964.



O Sporting foi fundado em 1906 pelo Visconde de Alvalade, de seu nome Alfredo Augusto Holtreman e pelo seu neto José de Alvalade, que pediu 200 mil réis emprestados ao avô para a criação clube.

As origens dos leões remontam ao nascimento do Sport Club de Belas criado em 1902 por iniciativa dos irmãos Gavazzo, que passavam férias na zona de Belas, juntamente com outros aristocratas.

A equipa teve uma existência muito curta e dois anos depois, os seus fundadores decidiram criar um outro clube, o Campo Grande Football Clube, uma vez que moravam na sua maior parte na zona do Campo Grande.

Durante a sua existência, realizou-se uma assembleia, que originou grandes desentendimentos sobre os destinos do clube e José de Alvalade decidiu criar uma nova equipa com o nome de Campo Grande Sporting Clube, que passaria a jogar nos terrenos do Visconde de Alvalade.

Em 1906, por sugestão de António Félix da Costa Junior, um dos fundadores, o seu nome viria a ser alterado para Sporting Clube de Portugal, que se manteve até hoje.

A adopção do leão como o símbolo do clube foi herdada da utilização do animal felino no escudo dos Condes de Pombeiro, que eram donatários de Belas.

O equipamento inicial era composto por uma camisa com duas metades verticais, uma verde e outra branca mas, em 1928, viria a ser alterada para as riscas verdes e brancas horizontais, que permaneceram até aos dias de hoje. Os calções inicialmente eram de cor branca, tendo em 1915 alterado para o preto.

Os primeiros momentos aúreos da história do clube tiveram lugar nos anos 40 com a célebre equipa formada pelos cinco violinos, que trouxeram um período de vitórias em oito campeonatos nacionais.

Os mesmos foram baptizados com o mesmo nome pelo facto de terem uma combinação de jogo muito eficaz e harmoniosa.

Mas, o grande feito do futebol dos leões aconteceu em 1964, quando conquistou a Taça dos Vencedores das Taças ao MTK de Budapeste, com um golo marcado por Morais, através de um pontapé de canto.

No passado, o Sporting foi o segundo clube de Portugal que conquistou mais troféus, a seguir ao Benfica, no entanto, este estatuto perdeu-se nos últimos anos.

Por uma lado, devido à boa campanha do FC Porto, nas duas últimas épocas, os leões foram alcançados pelos dragões, que já atingiram o mesmo número de títulos.

Por outro lado, a formação verde e branca passou por um período de 17 anos, entre 1982 e 1999, sem ganhar o Campeonato Nacional e 12 anos sem vencer a Taça de Portugal, numa fase da sua história marcada por uma grande instabilidade financeira.

Em 1995, a equipa de Alvalade regressa aos títulos, ao vencer a edição da Taça de Portugal da mesma época. O ano seguinte é marcado pela transição para uma maior estabilização financeira, quando o seu presidente de então, José Roquette, iniciou um novo modelo de gestão que permitiu ao clube melhorar as suas finanças.

Com a estabilização a seguir o seu curso, a equipa leonina somente põe fim ao vazio de vitórias no campeonato em 2000, sob a orientação do treinador Augusto Inácio.

Apesar de ter estado vários anos sem conquistar títulos, o Sporting continua actualmente a ser, após o Benfica, o segundo maior clube de Portugal, no que diz respeito a adeptos e sócios (90.000).

Pelo clube passou o jogador que mais golos marcou numa temporada futebolística em Portugal, o argentino Hector Yazalde, que obteve, na época de 1973/74, 46 golos e a respectiva Bota de Ouro europeia.

Uma das maiores facetas do Sporting têm sido as suas escolas de futebol, consideradas por muitos como as melhores de Portugal, tendo dado origem a valores como Futre, Figo e Cristiano Ronaldo.

A história do Sporting ficará também marcada pela particularidade de os leões terem sido a primeira equipa europeia, juntamente com o Partizan de Belgrado a participarem no encontro inaugural da Taça dos Campeões Europeus, decorrido 4 de Setembro de 1955, no Estádio Nacional.

O Estádio Alvalade XXI, concebido pelo arquitecto Tomaz Taveira, foi inaugurado a 6 de Agosto de 2003, num encontro entre o Sporting e o Manchester United e tem uma capacidade para 52 000 espectadores.