Fernando Martins

Nascido a 25 de Janeiro de 1927, em Paúl, Alenquer, foi proposto pelo sócio Alberto Cardoso, sendo actualmente um dos sócios mais antigos do clube. A sua Direcção procedeu ao fecho do terceiro anel e ao acabamento do pavilhão polidesportivo Dr. Borges Coutinho. Durante as suas gerências também a iluminação do estádio de futebol foi bastante melhorada, passando a ser considerada como uma das melhores do mundo. Coube-lhe desencadear variadas deligências junto da Câmara Municipal de Lisboa, com vista a equipar o clube com melhores estruturas e maiores espaços.

Ás suas gerências se fica a dever o relançamento da Cidade Desportiva do clube. Em 1965 ocupava as funções de suplente no Conselho Fiscal e em 1967-1968 aparece a presidir à Comissão de Obras do Novo Parque de Jogos, função que desempenhou com grande zelo. Foi eleito presidente da Direcção, sucessivamente, desde 29 de Maio de 1981 até ao biénio de 1985-1986. Antes de terminar este último mandato, a Assembleia Geral de 16 de Março de 1984 elegeu-o como "Águia de Ouro". É considerado um dos grandes presidentes, pela obra e resultados desportivos deixados, tal como o equilíbrio financeiro na gestão do clube.